01 de Outubro de 2017 às 09h24m34s

Review: Kingsman: O Círculo Dourado

Continua bom, mas foi só

Por: Jefferson

Nota: 3.5

Está faltando alguma coisa na notícia? Nos ajude a melhorá-la postando seu comentário.

Eggsy (Taron Egerton) e Merlin (Mark Strong) são os únicos sobreviventes ao ataque mortal da Poppy (Julianne Moore) aos agentes e a sede da Kingsman. Mas ao contrário do que imaginavam, existe uma organização secreta nos Estados Unidos chamada Statesman. Liderado por Champagne (Jeff Bridges) as duas organizações irão trabalhar juntas para deter os planos diabólicos de Poppy e sua organização do mal.

Não é novidade que Kingsman: O Círculo Dourado era um dos filmes mais esperados do ano, o próprio Marketing do longa vendia a sequência com este peso. O primeiro longa, Kingsman - Serviço Secreto, foi uma grande surpresa em 2015, conseguindo criar uma história batida de herói e agente secreto e transformá-la em algo original, fazendo um trabalho excelente de construção de personagens, lutas bem coreografadas, uma direção segura e a trilha sonora que dava vida a toda esta obra.

Matthew Vaughn volta para a cadeira de diretor, mostrando o carinho que teve pela aventura, algo novo para ele, cujo currículo não tinha nenhuma sequência. A preocupação do segundo filme é tentar manter a qualidade do primeiro, mas superar a expectativa com coisas novas. Contudo Vaughn conseguiu manter a qualidade e ficou apenas nisso.

O diretor e roteirista preferiram não arriscar muito na sequência, trazendo exatamente os mesmos elementos do original, mas com um plot um pouco diferente, contudo se assistir os dois filmes juntos irá parecer a mesma coisa, mudando apenas o vilão e seu objetivo maligno.

Isso não torna o longa ruim, teremos excelentes cenas de lutas, personagens bem apresentados, algo importante, porém nem todos cineastas conseguem ou nem tentam esta construção.

Os novos personagens são divertidos e muito criativos, mostrando um retrato bem-humorado dos americanos que vivem no sul do país. Sobrou até espaço para uma grande cutucada aos políticos americanos e o que os mesmos pensam sobre certos aspectos da sociedade.

Kingsman é um bom filme, novamente impressiona pelas cenas de luta e seus personagens cativantes, mas pareceu um pouco preguiçoso, ou apressado, para construir uma história melhor, ou diferente do primeiro.

Tem algo a acrescentar a esta notícia? Compartilhe nos comentários.

Destaque EsporteNerd: As cenas de luta e os novos personagens


Ficha Técnica

Gênero: Super-Herói
Título Original: Kingsman: The Golden Circle
Diretor: Matthew Vaughn
Elenco: Halle Berry, Channing Tatum, Julianne Moore, Pedro Pascal, Mark Strong, Colin Firth, Taron Egerton, Sophie Cookson, Jeff Bridges, Edward Holcroft, Hanna Alström, Elton John

Fonte: EsporteNerd

Leia Também

Comentários

Tem algo a acrescentar a esta notícia? Compartilhe nos comentários. Toda crítica é bem aceita, mas por favor sem desrespeitar o próximo.
comments powered by Disqus