20 de Novembro de 2017 às 08h41m03s

Review: Liga da Justiça

Com 2 Pós-Créditos

Por: Jefferson

Nota: 4

1, 2, 3... 4, 5000 hoje vou aproveitar e comentar a notícia, e coloque qualquer palavra que rime com Brasil.

Após a morte do Superman (Henry Cavill), o Batman (Ben Affleck) sabe que um inimigo pior chega para destruir a terra, mas não sabe quando e o poder que o mesmo terá. Por isso, ele se alia com Diana, vulgo Mulher Maravilha (Gal Gadot), e juntos unirão uma equipe para combater o mal. Agora a grande pergunta é se estes novos super-heróis irão se interessar em integrar esta nova liga, que ainda está se formando e se vão conseguir trabalhar juntos.

A longa espera

A espera foi longa, a Warner Bros. lançou muitos trailers neste período para divulgar, o que deveria ser, o maior filme do seu novo universo de heróis. Após alguns deslizes como Esquadrão Suicida e o mediano Batman Vs Superman - A Origem da Justiça, o estúdio ganhou esperança com o ótimo filme da Mulher Maravilha e sua protagonista que conquistou o coração dos fãs, parecia que agora os heróis da DC tinham um novo rumo, e com ele tudo iria melhorar.

Chegando na Liga da Justiça, um filme muito competente e surpreendente. A DC junto com seu(s) diretor(es), Zack Snyder e um toque final do Joss Whedon, mudaram um pouco o tom do roteiro, deixando de lado aquela tentativa de fazer um filme para "adulto" com a classificação para crianças, uma coisa arriscada, que poderia dar certo, assim como o Nolan fez em O Cavaleiro das Trevas, contudo neste novo universo só estava deixando o longa com uma fotografia escura, e diálogos entediantes.

A fotografia do alemão Fabian Wagner muito conhecido por seus trabalhos em séries, principalmente em Game of Thrones, conseguiu mesclar bem o novo tom do filme sem perder a origem, com isso Liga da Justiça não ficou colorido, o longa continua tenso, mas a diferença é que conseguimos aproveitar as cenas de luta.

Ben Affleck e Gal Gadot já tinham provado o seu valor como Batman e Mulher Maravilha, a grande aposta era saber se os outros heróis também teriam a mesma empatia com o público. E pela recepção que tiveram nos cinemas acredito que eles funcionaram.

Flash

Ezra Miller como Flash confirmou as apostas que ele seria o alívio cômico da equipe, mas não somente isso, ele demonstra um personagem que ainda tem muito o que evoluir, sendo que usa mais os seus poderes para brincar ou resolver pequenos problemas.

Aquaman

Jason Momoa como Aquaman é outro personagem que precisa de muito evolução, mesmo com o temperamento sério e com um ar de liderança o herói tem muitas coisas não resolvidas e medos não imagináveis que aos poucos vai revelando. As cenas na água foram bem-feitas. Felizmente seu filme está confirmado com direção de James Wan.

Ciborgue

Ray Fisher como Ciborgue foi um dos personagens que tiveram o arco mais dramático, pelo fato do mesmo ainda não se aceitar como um herói, mesmo o contexto dele sendo interessante o ator não parece passar tanta força para ter um filme solo.

Foi tudo perfeito?

Mas nem tudo são flores, e em Liga da Justiça tivemos algumas coisas que atrapalharam ele de ser melhor. E vamos começar pelos cortes que o longa teve, diferente de BvS, Justice League é um filme que tem um bom ritmo, sem espaço para aquelas barrigas e diálogos desinteressantes, mesmo assim resolveram cortar algumas cenas mostradas no trailer, o longa pareceu um pouco "picotado" e corrido, acredito que algumas cenas poderiam ajudar muito mais narrativamente.

Liga da Justiça não vai concorrer ao Oscar de efeitos visuais, parece que teve um corte de orçamento na hora de editar algumas cenas, principalmente no final, onde muitas coisas aparentavam falsas, mesmo elas não sendo verdadeira, mas diminui um pouco o impacto de perigo que a situação precisava.

E um dos principais problemas foram as regravações. Após o acerto de Mulher Maravilha e a saída de Zack Snyder na edição final, o estúdio resolveu, eu acho, mudar algumas coisas deixando a história um pouco mais leve, que em alguns pontos funcionaram, mas parece que alguns personagens mudaram muito de uma cena para outra.

Mas mesmo com tudo isso Liga da Justiça é um bom filme, o público, principalmente os brasileiros, estão amando esta união da DC e deveriam mesmo porque é diversão garantida para todo o público.

Tem algo a acrescentar a esta notícia? Compartilhe nos comentários.

Destaque EsporteNerd: O novo ritmo que colocaram no filme


Ficha Técnica

Gênero: Super-Herói
Título Original: Justice League
Diretor: Zack Snyder, Joss Whedon, James Wan
Elenco: Amber Heard, Ben Affleck, Amy Adams, Gal Gadot, Jason Momoa, Jeremy Irons, Henry Cavill, Ezra Miller, Ray Fisher, J.K. Simmons, Diane Lane, Ciarán Hinds

Fonte: EsporteNerd

Leia Também

Comentários

Tem algo a acrescentar a esta notícia? Compartilhe nos comentários. Toda crítica é bem aceita, mas por favor sem desrespeitar o próximo.
comments powered by Disqus