07 de Agosto de 2017 às 11h12m35s

Review: Planeta dos Macacos: A Guerra

Torcendo para os inimigos

Por: Mr. Potato

Nota: 4

Está faltando alguma coisa na notícia? Nos ajude a melhorá-la postando seu comentário.

A guerra contra os macacos foi iniciada, César (Andy Serkis), líder e o primeiro desenvolvido, luta com todas as suas forças para proteger sua família contra os humanos. Seus ideais de guerra ainda não mudaram, sendo que prefere a paz, ao invés de ver seus amigos morrerem, contudo, a raça humana está decidida a exterminar todos os macacos e "dominar" novamente o planeta. Mas o exército dos homens tem um novo Coronel (Woody Harrelson) que irá causar muitos problemas aos primatas. O planeta dos macacos começa a ficar ameaçado.

A franquia moderna Planeta dos Macacos é uma das mais consolidadas que temos, mesmo não sendo uma obra original, a aventura iniciada em 2011 trouxe tantos elementos novos, uma perspectiva tão inversa da nossa própria sobrevivência, sendo que acabamos torcendo por nossos "inimigos".

A direção de Matt Reeves é tão expressiva que os personagens do filme são construídos por suas atitudes, ele usa muitos planos fechados para pegar as expressões dos macacos e humanos do longa. Uma outra coisa que Reeves faz muito bem é mostrar a evolução dos macacos, se a premissa do longa é mostrar esta teoria, nestes 3 filmes conseguimos ver muito desta evolução, a inteligência dos macacos é natural e sem pressa, a inteligência deles vai além do falar, mas em suas atitudes, onde se sacrificam e desenvolvem estratégias para um bem maior de seus entes queridos.

Além de mostrar a evolução, o roteiro trabalha bastante com o medo e fragilidade da humanidade com certos tipos de diversidades, onde o diferente é o errado, e a forma para "combater" tal diferença é tentar reverter ao invés de tentar se adaptar ao novo.

Veremos muitas consequências por causa da Guerra, onde os dois lados estão perdendo, contudo, um deles prefere ganhar ao invés de tentar se salvar de outras formas.

Mais uma vez temos um show de atuação de Andy Serkis como César, em 2011 a tecnologia de captura de movimento já estava em um estágio avançado, hoje é algo irreconhecível, é tão excelente que você reconhece a atuação do ator atrás do animal. César é um comandante que impõe respeito mais por suas atitudes do que por sua própria força.

Assim como Woody Harrelson do lado dos humanos, ele é um coronel determinado e com bons planos. Que tem uma motivação pessoal naquela guerra toda, e consegue convencer e ter muitos seguidores na sua filosofia de eliminar todos seus inimigos.

Alguns planos abertos ficaram um pouco fora de tom, principalmente no final do filme que tivemos uma cena que ficou visível o fundo verde.

Planeta dos Macacos: A Guerra entrega uma ótima trilogia, onde o futuro tem muito a ser contado, porém a guerra mostra todas as consequências que foram trabalhadas, e é quase certa uma indicação nas categorias técnicas, agora é esperar indicações mais concorridas, porque a obra merece.

Tem algo a acrescentar a esta notícia? Compartilhe nos comentários.


Ficha Técnica

Gênero: Aventura
Título Original: War For The Planet Of The Apes
Diretor: Matt Reeves
Elenco: Woody Harrelson, Andy Serkis

Fonte: EsporteNerd

Leia Também

Comentários

Tem algo a acrescentar a esta notícia? Compartilhe nos comentários. Toda crítica é bem aceita, mas por favor sem desrespeitar o próximo.
comments powered by Disqus

Mais Notícias

Tags

Woody Harrelson Andy Serkis Matt Reeves Planeta dos Macacos - A Guerra